Geografias

IMG_3626

Chove a potes e eu estou a trabalhar em casa numa coisa que me preenche e que me vejo fazer para o resto da minha vida. Trabalhei para isso mas tive ainda mais sorte. Sou uma adulta semi-responsável, a minha vida pessoal é estavel, consigo viajar de vez em quando. Tenho tudo o que sempre quis. E no entanto estou no espaço físico errado, a respirar o ar errado, a viver todos estes momentos no sítio errado com uma meteorologia errada.

Não há nenhuma razão racional para me sentir deslocada ou para querer voltar para Portugal. Ir à praia só aos fins-de-semana, não se pode fazer almoços com amigos todos os dias, não há sempre tempo para fazer o que se quer, dificilmente ia estar satisfeita a nível profissional ou económico… Mas o meu corpo sente que não está no sítio certo e que não é aqui que quer estar. Não é racional, mas quem não é emigrante não compreende com quanto carinho se guarda um momento em que às 11 da manhã se bebe um copo pré-almoço no Mercado do Bolhão, rodeados pela nossa própria língua e hospitalidade e se deita conversa fora com amigos do coração. Conversa que mesmo sendo superficial é genuína, sem motivações externas.

Quem não vive fora não compreende o que é vivermos fora da nossa pele todos os dias.

IMG_3185IMG_3590

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s